Técnica de Implantodontia All on Four Standard

Fernando Alfredo Azevedo

A evolução e o aprimoramento das técnicas de reabilitação oral têm permitido melhor qualidade de vida aos pacientes em um curto período nos dias de hoje, porque a exigência do paciente está voltada, também, para o tempo de tratamento(1).

Para conseguir a osseointegração, um protocolo clássico deveria ser seguido, onde um período de cicatrização de três a seis meses livres de carga seria observado, até a confecção das próteses. Com a consolidação da técnica de dois estágios, e atendendo á solicitação dos pacientes, que muitas vezes não aceitavam usar próteses provisórias no período da osseointegração dos implantes, os tratamentos passaram a ser feitos em um único estágio cirúrgico, com as próteses instaladas em função, poucos dias após a cirurgia(2) .

Com a variação deste protocolo ocorreu o surgimento das chamadas “cargas imediatas”, caracterizadas pelo fato da reabilitação protética iniciar-se, logo após a instalação dos implantes(3).

É importante ressaltar que, para o sucesso da aplicação de carga imediata é essencial atingir a estabilidade primária, já que a retenção mecânica precede os processos de formação óssea(4).

Malo e colaboradores criaram um conceito no qual, as próteses totais parafusadas são instaladas sobre quatro implantes, sendo dois inclinados e dois retos, imediatamente após a cirurgia. Esta técnica, descrita primeiramente para a mandíbula e posteriormente para maxila, recebeu o nome de All-on-4, (5)

Na mandíbula, a inclinação dos implantes distais entre 30 e 45 permite o uso de implantes mais longos, o que favorece uma boa estabilidade primária do implante sem interferir com o forame mentual ou o nervo alveolar inferior. A utilização de implantes inclinados na maxila, rente á parede anterior do seio maxilar, permite evitar cirurgias de enxertia do seio maxilar. (6)

O conceito All-on-4 tem como objetivo a satisfação e o conforto dos pacientes, sendo que apresenta como vantagens: não ter a necessidade de realização de enxertia óssea, como por exemplo, a cirurgia de levantamento de assoalho de seio maxilar; diminuição de custos, uma vez que são colocados apenas 4 implantes, ao invés de um número maior; instalação imediata de uma prótese fixa (provisória ou definitiva), não debilitando o paciente como em uma enxertia óssea, que tornaria necessária a não utilização de próteses por um determinado período; mais facilidade para higenização, pela presença de menor número de implantes. (7)

A técnica All-on-4 foi desenvolvida para maximizar a utilização do osso disponível e, para permitir a reabilitação do paciente em carga imediata. (6)

  1. Luiz Eduardo Marques Padovan, Eduardo Antonio Ayub, José Gimar Batista, Geninho Thomé,  Marcelo Salles Munerato.(Rev.ABO Nac.Neopronto R: um novo protocolo para reabilitação oral com implantes em carga imediata na mandíbula. Relato de caso)
  2. Alexandre Augusto Ferreira de Souza, Leonardo Vaz Crisóstomo de Castro.(ImplantNews Carga imediata simultânea em maxila e mandíbula)
  3. Oscar Luiz Mosele Junior, Diego dos Santos Peres, Ricardo Pettengill Filho, Oscar Luiz Mosele, Fernando Esgaib kayatt, Adolfo Embacher Filho.(ImplantNews Avaliação clinica da técnica de carga imediata com prótese fixas implanto-suportadas em pacientes com mandíbulas totalmente êdentulas)
  4. Paulo Sergio Zaidan Maluf (Ver. Brás, Implant Implantes de Corpo único para carga imediata)
  5. Geninho Thomé, Ana Cláudia Moreira Melo, Sergio Rocha Bernades, Caio Hermann, Marilia Compagnoni Maritns, Ana Paula Farnezi Bass (implatNews Carga Imediata em implantodontia- consideraçoes gerais)

Voltar para Implantodontia.Blog.Br

2 ideias sobre “Técnica de Implantodontia All on Four Standard

  1. Pingback: Técnica “All on four” para instalação de implantes orais « 3ª Turma « Especialização « Implantodontia « Implantodontia.Blog.Br

  2. muito bom o resumo. tem como acessar o artigo completo????
    gostaria muito de ler….

    obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *