Técnica All On Four

AUTORES: Tally Karlik Orel e Marília S. S. Morimoto.
CO-AUTORES: Rafael Andrade Moscatiello (orientador), Daldy Endo Marques e Dalva Maria Rocha.

O desenvolvimento de protocolos para carga imediata em mandíbulas e maxilas edêntulas vem sendo modificado. Ao invés do uso clássico de múltiplos implantes, os quais são submergidos e incluídos dentro de próteses implanto-suportadas, está se optando pela utilização de poucos implantes, com carga imediata(1,2,3). Esta mudança deve-se a estudos clínicos que demonstraram que com o uso de quatro implantes instalados em locais estratégicos sendo dois anteriores e dois posteriores, obteve-se alta taxa de sucesso(4,5).

Demonstra-se então o desenvolvimento do conceito de “All on Four”, apresentando casos clínicos realizados na literatura. Com isto, pretende-se encorajar dentistas para oferecer esta técnica a seus pacientes, que é simples e que possui grande relação custo-benefício.

A preparação do leito na maxila, deve-se iniciar a aproximadamente 4mm da parede anterior do seio maxilar portanto o mesmo deve ser identificado e explorado. Com o auxilio da guia “All on Four”, é possível realizar um posicionamento previsível e ideal dos implantes inclinando-os ao máximo 45º para reduzir o cantilever.

Realizou-se a colocação da guia “All on Four” na osteotomia da linha média, iniciando-se a perfuração com uma inclinação máxima de 45º. É importante identificar o orifício mentual e a saída do nervo dentário inferior. A posição final do implante deve ser à frente do orifício. A Fig. 4, mostra implantes instalados na região de mandibula edêntula.

O alto índice de sucesso de implantes e próteses implanto-suportadas com a técnica “All on Four” em pacientes edêntulos demonstra que o conceito é viável, podendo ser aplicado na prática diária de implantodontistas.

1.Ericsson I, Randow K, Nilner K, Peterson A. Early functional loading of Brånemark dental implants: 5-year clinical follow-up study. Clin Implant Dent Relat Res 2000; 2:70-77.

2.Chow J, Hui E, Liu J, et al. The Hong Kong Bridge protocol. Immediate loading of mandibular Brånemark fixtures using a fixed provisional prosthesis: preliminary results. Clin Implant Dent Relat Res 2001; 3:166-174.

3.Balshi TJ, Wolfinger GJ. Teeth in a day. Implant Dent 2001; 10:231-233.

4.Duyck J, Van Oosterwyck H, Vander Sloten J, De Cooman M, Puers R, Naert I. Magnitude and distribution of occlusal forces on oral implants supporting fixed prostheses: an in vivo study. Clin Oral Implants Res 2000; 11:465-475.

5.Krekmanov L, Kahn M, Rangert B, Lindstrom H. Tilting of posterior mandibular and maxillary implants of improved prosthesis support. Int J Oral Maxillofac Implants 2000; 15:405-414.

Voltar para Implantodontia.Blog.Br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *